Se inscreve ai, nunca te pedi nada...

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016

Das confissões, do meu confessionário.

Meu bem, desculpa! 
Pelos beijos não roubados,
abraços pouco apertados,
as canções cantadas erradas,
o sorriso atrapalhado,
o sentimento privado,
o eu te amo silenciado,
a falta de calor,
por todo tempo desperdiçado.
Desculpa por ter falhado,
por ter faltado,
perdoa esse pobre 
homem apaixonado,
tolo e meio retardado,
que fez tudo ao contrario,
mil e uma vezes
somente para te ter,
te surpreender,
te fazer ver,
que a vida é melhor do meu lado.
(E.M)

Nenhum comentário:

Postar um comentário