Se inscreve ai, nunca te pedi nada...

segunda-feira, 12 de outubro de 2015

Cicatrizes...

Foi-se embora,
carregando o canto, 
o acalanto,
o cheiro,
bateu a porta com força,
reafirmando o não retorno.
Me fez crer em seu adeus,
e eu acreditei, como uma
criança acredita em papai noel,
Todavia, a cada salto arrastado
no assoalho do corredor,
a cada vento negado ao meu quarto,
penso ser você, chegando com o 
sorriso escancarado, exibindo
o novo livro,
mostrando o quanto eu tava errado
pensando que poderia 
viver sem você.
(E.M)

Nenhum comentário:

Postar um comentário