Se inscreve ai, nunca te pedi nada...

terça-feira, 29 de setembro de 2015

súplica

o teu espirito desbravador a despedaçar Américas, 
em teu seio sereno deito e rendo-me aos teus encantos,
julgo-me inferior e indigno talvez do teu amor,
mas que amor seria esse? 
a que quantum me refiro,
a insensatez do teu desprezo,
pelos meus sonhos imperfeitos,
pelos meus mais puros desejos.
De fato é engraçado como tais
sonhos e sentimentos brotam do puro
tempo e espaço para atormentar,
enganar, destroçar a mim.
Veja bem minha musa,
enxergar com teus olhos bonitos 
e sua alma (im)pura,
veja este pobre coitado,
que se humilha e cobiças,
todos os dias
os beijos oriundos
da boca tua.
tens piedade e não maltrates
tanto a quem te ama.
( Elder Malaquias)

Nenhum comentário:

Postar um comentário