Se inscreve ai, nunca te pedi nada...

sexta-feira, 18 de setembro de 2015

inúmeras vezes,
rotineiramente perdido na promiscuidade
delitiva do teu sorriso,
gota por gota da tua saliva
transfundida em nossa esgrima
de línguas,
baita coisa louca,
balada de maluco,
nossa nudez pervertendo
o ultimo dia do mundo.
( E.M)

Nenhum comentário:

Postar um comentário