Se inscreve ai, nunca te pedi nada...

domingo, 28 de junho de 2015

essas coisas que acontecem

ela me comia com os olhos,
reluzia, pomposa e formosa,
seus cabelos ao vento e seu sorriso frouxo,
era uma rotina prazerosa em se cumprir,
vê-la acordar, ninar até dormir.
Era tudo perfeito,
tudo para mim,
até ela sair mundo a foram
com todos os lenços e nossos documentos
deixando um bilhete que só consegui achar
apos quinze dias dizendo que não pensasse que 
ela foi embora por não me amar, porém
o meu arroz com feijão diariamente
para ela não dava mais.
(Elder Malaquias)

Nenhum comentário:

Postar um comentário