Se inscreve ai, nunca te pedi nada...

quinta-feira, 30 de outubro de 2014

369

Eu escrevi em cada linha do seu corpo um verso 
de um algum poema meu,
cada parte do seu corpo tem minha assinatura,
cada parte do seu corpo fiz questão de beijar
e mostrar para ti que não precisa arrancar do meu peito
o coração de forma tão brutal usando o teu canivete
ele já és teu desde a gestação desse amor,
tão teu e tão persistente 
chega me canso de lembrar o quão 
ele foi insistente...
(E.M)

Nenhum comentário:

Postar um comentário