Se inscreve ai, nunca te pedi nada...

sábado, 11 de outubro de 2014

enquanto você dormia,
eu viajava algumas milhas
com o pensamento em um futuro próximo,
a imensidão da saudade chega a surrealidade
que aposto em sigilo com tudo que se passa
pela janela do ônibus
que enquanto penso em ti,
comigo vos também sonhas,
e que essas quarenta e oito horas
que faltam, voem 
para essa saudade enfim matarmos...
(e.m)

Nenhum comentário:

Postar um comentário