Se inscreve ai, nunca te pedi nada...

quinta-feira, 14 de março de 2013

Já que ti assim quiseras seguir tal caminho
 inevitavelmente mais fácil que 
o traçado pelo destino para mim,
e assim se distancia cada vez mais 
vento a proa ,
some na imensidão do teu mar o meu amor.
some entre seus lábios o verbo amar ,
apagas assim a vida , que tão quiseras viver
não por culpa tua,
não por culpa minha,
mais enfim 
por mero ultraje do destino ...

( I.L )

Nenhum comentário:

Postar um comentário