Se inscreve ai, nunca te pedi nada...

domingo, 17 de abril de 2011

Simultaneidade

- Eu amo o mundo! 
Eu detesto o mundo! 
Eu creio em Deus !
Deus é um absurdo! 
Eu vou me matar !
Eu quero viver !
-Você é louco!
-Não,sou poeta.

Mario Quitana

2 comentários:

  1. olá,

    pelo texto percebe-se que o poeta está confuso!!!!!!!! caracteristica da maioria dos poetas, ser instável e inconstante.

    abraços

    ResponderExcluir
  2. todo poeta tem um pouco de louco e ouso dizer que ate os loucos tem um pouco te poetas. nem tão confusão são ambos, talvez apenas mal compreendidos. não vejo nada mais doce, mesmo que as vezes amargo, do que a alcunha de poeta; lindo seu blog, assim lindos os versos que aqui encontro.
    se puder me siga tambem http://pedagogiainclusaodevaneiosearte.blogspot.com/

    ResponderExcluir